Don’t hold your breath

Hold your breath é fácil – prenda a respiração. Mas quando alguém fala “don’t hold your breath” está usando a expressão no sentido figurado.  Quer dizer que a pessoa não deve esperar muito, pois se prender a respiração por muito tempo vai ficar sem ar.

Ela me chamou a atenção por causa do diálogo no filme que assisti hoje:
– I wouldn’t hold my breath if I were you.
– It is not I who need do hold my breath.

A primeira fala foi traduzida como “Não crie expectativas”. Até que está boa.
O problema foi a continuação: “Não sou eu que preciso criar expectativas”. Soou muito estranho aos meus ouvidos.


No contexto da cena, uma tradução mais adequada poderia ser:
Não tenha muitas esperanças.
– Não sou eu que preciso de esperança.

Outras boas traduções para don’t hold your breath são:
Não conte com isso
Não fique esperando
Pode esperar sentado(a)

don't hold your breath

É sempre bom lembrar que SEMPRE devemos prestar atenção ao contexto. Às vezes, uma expressão idiomática pode ser utilizada no sentido literal, ou em ambos, como é o caso da tirinha aí em cima.

Para quem não sabe, uma das formas de curar soluços é prender a respiração. Daí o autor brincou com os dois sentidos da expressão, literal e figurado, para fazer piada.

É nessas horas que nós, tradutores, temos que usar a imaginação. Se traduzirmos usando a forma literal, perdemos a piada. Se traduzirmos seguindo a forma figurada, perdemos a piada.

E então?

Ainda não me veio nenhuma ideia brilhante, mas se você tiver uma, mande sua sugestão.

%d bloggers like this: